Campanha Busca Ativa Escolar

Campanha Busca Ativa Escolar


Materiais de comunicação da campanha são disponibilizados

*Campanha Busca Ativa Escolar

Materiais de comunicação da campanha são disponibilizados

 

05 outubro

A campanha do Busca Ativa Escolar lançou no dia 24 de setembro diversos materiais e orientações para que estados e municípios possam realizar suas próprias campanhas de comunicação contra o abandono e a evasão escolar. Nesta segunda-feira (05/10), foi realizada uma LIVE no Facebook do Conviva Educação, com as participações de Beatriz Santomauro, do Conviva Educação; Ítalo Dutra, chefe da área de Educação do UNICEF Brasil; Daniella Rocha, consultora de Educação do UNICEF Brasil; e Luiz Miguel Martins Garcia, presidente da Undime; onde foram apresentados os materiais de divulgação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No www.bucaativaescolar.org estão disponíveis materiais gráficos, vídeos, textos e áudios, apresentados por Daniella Rocha, para facilitar e apoiar o trabalho de mobilização e de engajamento das escolas, das famílias, da gestão pública e da mídia, para alcançar o maior número de crianças e adolescentes fora do contexto escolar. A estratégia foi revisitada para se adaptar a situações de crises e emergências, como a de covid-19.

No Brasil, a estimativa é de 1,5 milhão de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos fora da escola. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2019, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em contrapartida, pesquisa realizada em agosto de 2020 pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) sobre as ações das secretarias municipais de Educação durante a pandemia de covid-19, revelou que 96% das redes municipais de Educação estavam oferecendo algum tipo de atividade educacional não presencial aos(às) estudantes.

Portanto, o ano não está perdido mesmo sem as aulas presenciais. A articulação intersetorial e o trabalho em rede, neste momento, são fundamentais para garantir a segurança e os direitos das crianças e dos(as) adolescentes.

Segundo Ítalo Dutra, a adesão ao Busca Ativa Escolar pode ser feita a qualquer momento, basta seguir as orientações e passo a passo fornecidos no site do programa.

A campanha ainda elaborou duas ferramentas de apoio para enfrentar o abandono e a exclusão escolar: o Guia Busca Ativa Escolar em Crises e Emergências, e o Guia de Funcionalidade de Acompanhamento de Frequência.

 

Guia Busca Ativa Escolar em Crises e Emergências

O guia foi lançado em julho (24) por videoconferência, que contou com a participação da presidente do Congemas, Andréia Lauande.

O Congemas é parceiro do UNICEF no Busca Ativa Escolar mesmo antes da pandemia e reconhece a importância de aderir aos protocolos e recomendações para garantir às crianças e aos adolescentes acesso à Educação.

A estratégia do Guia foi revisitada para se adaptar ao cenário de pandemia. Ele traz recomendações amplas para acolher e cuidar da comunidade escolar no retorno das aulas presenciais.

Há orientações para conversar com estudantes durante situações de crises emergenciais, informações sobre saúde no ambiente escolar, a importância da relação com as famílias e cuidados com a saúde mental de adolescentes, bem como recomendações de proteção contra as violências.

Acesse: https://buscaativaescolar.org.br/criseseemergencias/

 

Guia de Funcionalidade de Acompanhamento de Frequência

Busca colaborar com as escolas das redes municipais e estaduais de educação no acompanhamento da frequência escolar de estudantes, a Busca Ativa Escolar disponibiliza a presente funcionalidade. Por meio dela, as escolas podem registrar o número de estudantes que têm participado das atividades educacionais não presenciais ou das aulas presenciais, quando e onde estas voltarem. Assim, terão condições de avaliar em que medida as ações propostas estão alcançando todas as crianças e adolescentes e garantindo seus direitos de acesso, de permanência e de aprendizagem.

A funcionalidade de acompanhamento de frequência escolar colabora, assim, para que gestores(as) possam verificar a situação na rede educacional sob sua responsabilidade, contribuindo para uma tomada de decisão rápida a fim de prevenir o abandono escolar.

Acesse: https://biblioteca.buscaativaescolar.org.br/material/guia-para-uso-da-funcionalidade-de-acompanhamento-de-frequencia-escolar

 

Educação é Direito

No final da live Beatriz Santomauro e o professor Luis Miguel, destacaram o comentário realizado pela espectadora Rosana Hipólito, por se sentirem extremamente contemplados com a fala: “Toda ferramenta é válida para poder trazer nossas crianças para a sala de aula, para que elas possam vivenciar essa nova era na educação. Um conhecimento para seu desenvolvimento social emocional e ninguém tem o direito de impedir que ela vivencie isso.”.

A manutenção do vínculo com a escola, mais do que nunca, é necessária para garantir a aprendizagem de todas as crianças e todos(as) os(as) adolescentes.

A pandemia não revoga o direito à educação, ele vale tanto para atividades educacionais presenciais como não presenciais.

 

SAIBA MAIS

Confira as recomendações da equipe Gestora Nacional da Busca Ativa Escolar, para outras ações que podem aprimorar a implementação da Busca Ativa Escolar nos municípios e estados, além dos canais de atendimento para tirar dúvidas:

- Curso online autoinstrucional Busca Ativa Escolar Na Prática.
- Guias e manuais de orientação sobre a metodologia e a plataforma.
- Plantões online sobre dúvidas frequentes, no canal do UNICEF Brasil no Youtube.
- Busca Ativa Escolar em Pílulas, vídeos com orientações sobre a metodologia e a plataforma, no canal do UNICEF Brasil no Youtube.

Contatos: 0800 729 2872 - (61) 98257 2931 (somente WhatsApp) -
contato@buscaativaescolar.org.br

 

ASSISTA

 

 

*Informações site www.buscaativaescolar.org.br

Por: Danielle Cantanhede