Congemas realiza Cerimônia de Posse da Nova Diretoria

Congemas realiza Cerimônia de Posse da Nova Diretoria


Posse da nova Diretoria Nacional “SUAS - Conquista do Povo Brasileiro” e despedida da gestão “ Somos Todos SUAS"

 

Congemas realiza Cerimônia de Posse da Nova Diretoria

Posse da nova Diretoria Nacional “SUAS - Conquista do Povo Brasileiro” e despedida da gestão “ Somos Todos SUAS"

 

03 de março de 2021

Foi realizada ontem (01), live especial de Cerimônia de Posse da Nova Diretoria Nacional do Congemas, composta pela chapa "SUAS - Conquista do povo brasileiro", que passa a representar o colegiado nacional pelo biênio 2021/2023.

O momento foi de muita emoção e contou com as presenças da presidenta Andréia Lauande, que se despediu da gestão; do presidente eleito, Elias de Sousa Oliveira; e das professoras e pesquisadoras, Aldaíza Sposati e Jucimeri Silveira.

Aldaíza Sposati, grande referência política e teórica no campo da Assistência Social, honrou os presentes com uma análise da conjuntura atual; revelou os principais desafios e ameaças no âmbito do SUAS; a necessidade de manter a unidade na luta em defesa do SUAS; de resistir e continuar a busca por estratégias que ampliem a evidenciem a essencialidade da garantia à proteção social.

Segundo a pesquisadora, "no conjunto do SUAS, da política de Assistência Social no país, o Congemas representa a maior força possível de resistência neste momento", e destacou como um dos principais desafios da nova gestão, continuar o trabalho de traduzir no diálogo com a sociedade, gestões e autoridades, a compreenção de que a Assistência Social precisa ser enxergada como política de direitos, e não como ato de bondade ou movimento de caridade.

Sposati lembrou com carinho da gestão "Somos Todas/os SUAS". Parabenizou toda a diretoria pela trajetória e agradeceu pelos diversos momentos compartilhados.

Em homenagem à direção "Somos todas/os SUAS" foi apresentado vídeo com um balanço das ações desenvolvidas pela gestão de 2018/2020. Diante do desmonte do SUAS, traduzido no orçamento público e em outros dispositivos, o Congemas priorizou pautas e incidências para garantia do financiamento público federal, e fomento de ações intersetoriais.

A presidenta Andréia Lauande destacou a força dos/as secretárias/os municipais nas ações de incidência política com parlamentares, como estratégia à falta de diálogo com o Ministério da Cidadania; e na atuação, sem uma coordenação nacional, para manter o atendimento nos serviços da rede socioassistencial abertos, diante à situação de calamidade pública provocada pela chegada da pandemia do COVID-19, num cenário de enfrentamento ao desfinanciamento federal.

De acordo com a gestora, quem está na linha de frente teve que se reinventar para levar proteção social aqueles/as que precisam, ainda que sem orçamento, pois o recurso extraordinário era recebido em detrimento ao ordinário, então não houve orçamento extra para lidar com a situação.

Andréia criticou a falta de utilização do espaço da Comissão Instergestores Tripartite (CIT/SUAS) para pactuações. "Conseguimos trazer a CIT de volta, mas, sinceramente, não houve nenhuma pactuação significante. Nem os recursos extraordinários foram pactuados por lá.", explicou Lauande, que ainda frisou a problemática ocasionada pela falta de debate com a categoria em torno da organização e concessão do auxílio emergencial.

Andréia agradeceu todas as parcerias, companheiras/os de gestão, e equipes técnicas que a acompanharam nos últimos anos. Disse que o momento é de fortalecimento.

Para o secretário Elias Oliveira, novo presidente do Congemas, fica a missão de preparar as/os novas/os gestoras/es para saber defender o SUAS no Brasil.

Elias leu a CARTA DE COMPROMISSO para a gestão 2021/2023, que reforça o comprometimento da direção com uma gestão plural e pluripartidária, asseverando que dará continuidade ao protagonismo que o Congemas tem exercido na defesa intransigente do Direito à Assistência Social e do SUAS no Brasil.

"Compomos um coletivo diverso de homens e mulheres, que aqui representam as regiões, as cidades, considerando suas particularidades e singularidades históricas, culturais, sociais e políticas. Assumimos hoje o compromisso de defender os direitos e a democracia, na direção de uma sociedade efetivamente justa e igualitária.", declarou o secretário de Foz do Iguaçú/PR.

O presidente do Congemas apresentou os nomes dos membros que compõem a Nova Diretoria Nacional e compartilhou a imagem de cada um/a durante a transmissão.

A professora Jucimeri, em considerações finais, falou que o "balanço das ações da gestão Somos todos/as SUAS, as análises da professora Aldaíza, os compromissos assumidos pela gestão “SUAS, conquista do povo brasileiro, só revigora e fortalece para dar continuidade na luta coletiva.“, e concluiu a cerimônia de posse agradecendo a todos/as pela participação.

 

SAIBA MAIS

Apresentação da gestão 2021-2023 do Congemas - Suas "Conquista do povo brasileiro"

Carta Compromisso Gestão 2021/2023 / SUAS - Conquista do povo brasileiro

CITAÇÃO: Em despedida da presidência, Andréia Lauande leu uma fala dita pelo escritor Ariano Suassuna, em entrevista à Folha de São Paulo, que diz assim: "Não sou nem otimista, nem pessimista. Os otimistas são ingênuos, e os pessimistas amargos. Sou um realista esperançoso. Sou um homem da esperança. Sei que é para um futuro muito longínquo. Sonho com o dia em que o sol de Deus vai espalhar justiça pelo mundo todo."

 

ASSISTA VÍDEO DE HOMENAGEM À GESTÃO SOMOS TODAS/OS SUAS

 

ASSISTA A LIVE ESPECIAL DA CERIMÔNIA VIRTUAL DE POSSE DA GESTÃO DO CONGEMAS - BIÊNIO 2021/2023

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Nova Diretoria Nacional do Congemas é eleita por Assembleia

Chapa SUAS – Conquista do povo brasileiro

 

Por Danielle Cantanhede