Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas

Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas


7 de fevereiro

 

Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas

7 de fevereiro

 

 

7 de fevereiro de 2022

 

7 de fevereiro de 2022, Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas, de dar voz à luta dos povos originários e reconhecer suas bandeiras.

A data é uma homenagem ao guarani Sepé Tiaraju, guerreiro morto em 7 de fevereiro de 1756 durante a histórica Batalha de Caiboaté, em São Gabriel, no Rio Grande do Sul. Na batalha morreram cerca de 1.500 indígenas que entraram em confronto após serem expulsos da sua terra, a República Guarani, pela Espanha e Portugal devido ao Tratado de Madrid, o qual estabeleceu novas fronteiras entre as colônias e determinou a evacuação da população indígena do território. O Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas é celebrado desde 2008, quando aprovada a Lei 11.696, de autoria do senador Paulo Paim.

O Congemas aproveita a importância deste dia para alertar sobre a responsabilidade de preservação das comunidades tradicionais indígenas, de estruturar ações integradas e capazes de garantir, além da proteção social básica, que seus direitos sejam respeitados.

A Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (Anmiga), na última Marcha Nacional das Mulheres Indígenas, realizada no dia 7 de setembro de 2021, destacou as principais bandeiras dos povos indígenas:

  • Demarcação de terras indígenas;
  • Contra o avanço irrestrito do agronegócio e das minerações;
  • Contra a tentativa de flexibilizar o licenciamento ambiental;
  • Contra o financiamento do armamento no campo;
  • Contra no desmonte das políticas indigenista e ambiental;
  • Pelo respeito as suas tradições, culturas e corpos-territórios;
  • Pelo direito de existir e de viver.